Eu não sou diferente... Os outros é que são muito iguais.

20061114

Amadeo de Souza-Cardoso na Gulbenkian

A exposição dedicada ao pintor português abre ao público amanhã na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, com o tema "Amadeo - Diálogo de Vanguardas".
Amadeu de Souza-Cardoso (1887-1918) foi o percursor da arte moderna em Portugal. Viveu em Paris onde tomou contacto primeiro com o Impressionismo e depois com o Expressionismo e o Cubismo.
A exposição é inaugurada hoje, mas só abre ao público amanhã e está patente até 14 de Janeiro, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00, e sexta até à 00h00. A entrada custa três euros. Eu vou.